RECUPERAÇÃO DE SSD

A Evomax Recovery está equipada com a tecnologia mais recente para recuperação de dados de memória flash, como as utilizadas em discos SSD. Estamos em constante atualização técnica com os principais fabricantes mundiais de equipamentos para recuperação de dados de Solid State Drives. Somos uma das pouquíssimas empresas brasileiras capacitadas tecnicamente a fazer recuperação física de SSD’s danificados ou queimados.

recuperação-de-ssd-1140x350

O notebook apenas não ligou mais. Os analistas internos da Coca-Cola Femsa apenas removeram o disco, colocaram em um case e tentaram ler a partir de um desktop. Com a impossibilidade pararam para não danificar ainda mais o disco. Nossa experiência foi muito positiva, com agilidade no tempo de análise, execução do trabalho dentro do prazo informado e com um volume de recuperação muito satisfatório; com o devido entendimento do que não foi possível. O acesso remoto para verificar as informações recuperadas foi um surpresa: o cliente valida remotamente via Internet, através da abertura dos seus arquivos, o que realmente foi recuperado. – Coca-Cola FEMSA Brasil – Gerência Tecnologia da Informação Brasil

O que é um SSD?

Unidades de estado sólido não possuem partes móveis como um HD normal e são muito semelhantes a um pen drive de alta capacidade. Se você abrir o case do seu SSD, você verá uma placa de circuito impresso com vários componentes soldados. Os chips pretos maiores são as memórias NAND FLASH, onde todos os dados estão gravados. A memória flash é “não volátil”, o que significa que a informação gravada permance lá, mesmo depois que o dispositivo é desligado.

O princípio básico de design por trás das unidades baseadas em memória flash (cartão de memória, pen drive, SSD) é o mesmo. No entanto, os SSDs são muito mais complexos e possuem mais recursos do que o seu pen drive. Um SSD possui muitos mais chips NAND e possui uma conexão SATA ou PCIe em vez de um conector USB. Os vários chips NAND dentro do seu SSD realmente funcionam de forma semelhante às múltiplas unidades em uma matriz RAID . Os dados são constantemente gravados e extraídos de vários chips, em vez de apenas um de cada vez. Esta é uma das razões pelas quais os SSDs são tão rápidos e eficientes em comparação com outros dispositivos de memória flash. S

Além disso, alguns SSDs (mas não todos) possuem chips SDRAM. Esses chips funcionam exatamente como a RAM no seu computador. Os chips SDRAM são mais rápidos que os chips NAND, mas também são chips de memória voláteis. Eles apenas armazenam dados quando a unidade é ligada e limpa tudo quando a unidade está desligada. Os SSDs podem carregar programas ou arquivos no chip SDRAM para um desempenho mais rápido e, em seguida, despejá-los novamente nos chips NAND quando o conversor estiver devidamente desligado. Na próxima vez que você ligar o SSD, o chip SDRAM está completamente em branco e pronto para ser usado novamente.

Discos SSD podem ser fabricados em uma grande variedade de formas e tamanhos. Em muitos notebooks modernos da Apple, a unidade de estado sólido interna possui uma forma longa, fina e retangular. Muitos SSDs são feitos para se adequar ao fator de forma 2.5 “de discos rígidos de laptop também. Isso os torna muito mais fáceis de integrar em laptops que vieram com discos rígidos tradicionais dentro deles.

Causas típicas para a perda de dados SSD

Apesar dos discos SSD aparentemente serem mais confiáveis do que um HD, atualmente nem sempre isto é verdade. Falhas em Solid State Drives freqüentemente são catastróficos, com perda total dos dados. A robustez de um SSD depende muito de um fabricante para outro e também da qualidade das memórias FLASH utilizadas.

Ao contrário das unidades de disco rígido, as unidades de estado sólido armazenam dados em chips de memória flash. A perda de dados pode ocorrer com dispositivos de armazenamento SSD devido a danos físicos aos chips flash e como os dados são logicamente armazenados neles. Aqui estão alguns tipos de falhas comuns com unidades SSD:

  • Danos na placa lógica
  • Danos nos conectores
  • Desgaste natural das células flash
  • Falhas em componentes eletrônicos
  • Falha da controladora de memória
  • Firmware corrompido
  • Problemas de energia

SSD’s constantemente reorganizam os seus dados, mantendo o controle de suas posições com a finalidade de desgastar menos as células de memória. Este comando é chamado de TRIM. Para isso, o controlador de memória flash e seu firmware desempenham um papel crítico na manutenção da integridade dos dados. Uma das principais causas de perda de dados em SSD’s são erros de firmware.

SSDs, como os HDs magnéticos normais, possuem firmware próprio. Assim como o firmware do disco rígido, o firmware do SSD controla o acesso aos dados na unidade. E, assim como o firmware do disco rígido, o firmware SSD pode falhar. Por exemplo, entre alguns modelos de SSDs da Intel, há um conhecido bug de firmware que faz o SSD aparecer como não inicializado com uma capacidade total de oito megabytes.

Os chips NAND, como os discos rígidos, sofrem com o desgaste natural. Existe uma quantidade determinada de vezes que você pode ler e gravar dados de e para uma única célula em um chip NAND antes que essa célula se torne inutilizável. Este limite geralmente varia de 1000 até 100.000 ciclos de leitura / gravação. O firmware e o controlador do SSD ajudam a regular o uso de células em um processo conhecido como “TRIM”. Os SSDs tentam distribuir dados de forma igual em todos os chips NAND para que cada célula dure aproximadamente tanto quanto seu vizinho. O processo de nivelamento do desgaste pode falhar devido a um problema de firmware, ou algumas células podem simplesmente morrer prematuramente.

Processo de recuperação de dados SSD

No caso de dano lógico ( reformatação acidental , exclusão de arquivos , corrupção , etc.), a recuperação de dados SSD é como a recuperação de dados de um HD. Embora a tecnologia seja drasticamente diferente, os SSDs têm setores, clusters, blocos, partições e sistemas de arquivos, assim como os discos rígidos. Mas quando há algo de errado com os componentes físicos do SSD, o processo de recuperação de dados SSD torna-se muito mais complexo.

O reparo de um SSD com uma PCB defeituosa é diferente de consertar um disco rígido com uma PCB com falha. Antigamente, os chips NAND de um SSD eram removidas da PCB e lidos em um leitor especial. O problema é que os dados brutos dentro dos chips NAND do SSD estão confusos e incoerentes. Durante as operações normais de um SSD, os dados passam pelo controlador de memória em seu caminho de e para os chips NAND. O controlador monta os dados dos chips para torná-lo utilizável. Portanto, era necessário emular o algoritmo da controla de memória para remontar o sistema de arquivos.

Hoje, a recuperação de dados de SSDs com firmware corrompido (que é a maior causadora de perda de dados nestes dispositivos) é feita utilizando uma técnica especial. Os chips são acessados diretamente através de uma técnica especial chamada “factory mode”, mediante a conexão de um equipamento especial em pontos específicos da placa lógica. Após fazer o dump do conteúdo das memória, este mesmo equipamento emula a controladora de memória daquele SSD em específico para posteriormente recuperar os dados.

Nossos especialistas em recuperação de dados de SSD podem superar os desafios técnicos que envolvema a tecnologia flash, como a decodificação de estruturas de dados complexas de chips de controladores especializados e muitos outros problemas específicos do SSD.

No presente momento, são recuperáveis apenas certos modelos de SSD’ equipados com controladoras de memória da INDILINX, INTEL, JMICRON, SAMSUNG, SILICON MOTION e STEC. Mesmo que o seu SSD não apareça na lista ao lado, podemos tentar recuperar os dados mediante outras técnicas não destrutivas (não será necessário dessoldar os chips). Se o seu SSD faz parte um complexo storage configurado em RAID, será necessário enviar todos os discos para fazermos o diagnóstico.

Nossa avaliação técnica é gratuita e o diagnóstico é feito gratuitamente no prazo de 24 horas. Se você precisa recuperar SSD, conte com a Evomax para este tipo de trabalho altamente especializado.

ADATA

Adata SP550

AMD

AMD Radeon R7, AMD Radeon R3

Corsair

Corsair Extreme series, Corsair Neutron series,Corsair Nova, Corsair Force LS

Crucial

Crucial M225, Crucial M4, Crucial C300, Crucial C400, Crucial M500, Crucial M550, Crucial MX100,Crucial MX200, Crucial MX200, Crucial V4, Crucial BX100

Intel

Intel X18, Intel X25, Intel 320, Intel 510, Intel 710

Kingston

Kingston V100 (JMF 616 e Toshiba TC58NCF616GDT), Kingston V200 (JMF 667 e Toshiba TC58NCF667GDT – Suporte parcial),Kingston SMSM15S3

Micron

Micron C400, Micron C300

OCZ

OCZ Vertex 1, OCZ Solid 2 series, OCZ ARC 100, OCZ Vector, OCZ Vector 150, OCZ Vector 180, OCZ Vertex 450, OCZ Vertex 460, OCZ Vertex 460A, OCZ Vector 480

Patriot

Patriot Blaze

Plextor

Plextor M3, Plextor M3 Pro, Plextor M5S, Plextor M5 Pro, Plextor M5 Pro Extreme, Plextor M6V

PNY

PNY CS1111

Samsung

Samsung MLC (S3C29RBB01-YK40 CPU based), Samsung 470 Including Apple models (S3C29MAX01-Y340 CPU based), Samsung PM810 (mSATA version of 470) (S3C29MAX01-Y340 CPU based), Samsung 830 Including Apple models (S4LJ204X01-Y040 CPU based), Samsung PM830; (S4LJ204X01-Y040 CPU based), Samsung 840 (S4LN021X01-8030 CPU based), Samsung PM840 (S4LN021X01-8030 CPU based), Samsung PM841 (S4LN021X01-8030 CPU based), Samsung 840 Pro (S4LN021X01-8030 CPU based), Samsung 840 Evo (Including mSATA) (S4LN045X01-8030 CPU based), Samsung PM851 (Including mSATA) (S4LN045X01-8030 CPU based), Samsung CM871 (S4LN054X02-Y030 CPU based), Samsung 850 Pro (S4LN045X01-8030 CPU based)

Sandisk

Sandisk X300, Sandisk Ultra II,Sandisk Ultra Plus, Sandisk SSD Plus,Sandisk Genesis, Sandisk Vulcan, Sandisk X110

Seagate

Seagate 600 series

Silicon Power

Silicon Power Slim S55

Smartbuy

Smartbuy Ignition 2, Smartbuy S9M

Sim, quero recuperar meus dados!

Dúvidas? F: 11-5082-2752 / 9-9110-5252

Alguns clientes já atendidos pela Evomax:

evomax-empresas-atendidas-panoramico